Redes de proteção.

Atualizado: 11 de Dez de 2018

Quando se fala em redes de segurança para animais, a primeira coisa que vem à mente são apartamentos, não é? Exceto que prédios não são os únicos locais onde elas se fazem necessárias. Quer saber um pouco mais sobre elas? Leia a seguir algumas dicas que fazem toda a diferença na hora de instalar e manter sua rede de proteção.


A rede de segurança é uma aliada dos donos dos animais. Além de proporcionar mais liberdade aos bichinhos, a rede de proteção contribui para a circulação do ar do ambiente, cria uma barreira de proteção contra insetos externos e também ajuda a evitar que os brinquedinhos dos pets se percam ou caiam em locais indevidos.

Porém, ao contrário do que pode parecer, não é qualquer rede que pode ser utilizada: há toda uma série de especificações previstas pela Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT) acerca do material utilizado, do tamanho da rede e até mesmo sobre a distância entre os ganchos que a prendem.

O material mais indicado para redes de segurança é a malha de polietileno, escolhido por sua elasticidade e resistência, bem como por não ressecar com a luz solar. Acredita-se comumente que a garantia do material é de cinco anos, porém ele deve ser inspecionado e substituído de três em três anos para uma melhor qualidade e segurança.

O tamanho ideal de malha para animais de médio a grande porte é de 5x5cm, presa por ganchos a cada 30cm. Para animais menores, é utilizada a rede de 3x3cm, adequando a distancia entre os ganchos ao tamanho do animal, de forma a impedir que ele atravesse a rede.

Em casas, por sua vez, redes de proteção têm uma aplicação ainda maior do que apenas em janelas: gradis em guarda-corpos e sacadas podem ser perigosos para seu bichinho, dependendo do espaço entre eles e podem necessitar de redes de proteção para evitar riscos.

Quanto à conservação, produtos químicos e materiais abrasivos não são indicados para a limpeza da rede de segurança. O ideal é o uso de água e sabão neutro e panos ou esponjas macias para que se evite qualquer dano ao material, de forma a prolongar sua vida útil, mas mesmo com todos esses cuidados, recomenda-se a troca de sua rede de proteção a cada três anos para garantir a segurança de seu animalzinho.

Esperamos que essas dicas tenham lhe auxiliado a adequar sua casa para o seu bichinho. Fique ligado em nossos próximos posts e novidades em outros tópicos sobre como cuidar do seu animal de estimação e lembre-se sempre de procurar um veterinário ou profissional da área em caso de mais dúvidas.

16 visualizações
Fale conosco

Equipe BSB

Tel: (61) 98138-4805 Patrícia Medeiros

       (61) 98170-5128 Maria Eduarda Moll

       (61) 99961-6491 Natália Melo

Equipe SP

Tel: (11) 998782-2357 Valéria Brenicci

casacompets@gmail.com

  • Facebook
  • Instagram

© 2018 por Casa com Pets. Criado por Clarice Nóbrega.